Os benefícios da telemedicina no tratamento de disfunções masculinas

 em Telemedicina

Os avanços na medicina são incontestáveis, e os benefícios que a tecnologia vem trazendo para a área da saúde são mais do que necessários. Um desses benefícios é a aplicação da telemedicina no tratamento de disfunções sexuais.

Você já ouviu falar disso? Neste post, vamos explicar um pouco mais sobre o assunto. Continue a leitura para saber como você pode se beneficiar com essas melhorias. Vamos lá?

O que é telemedicina?

A principal característica da telemedicina é o uso do meio digital para várias tarefas, como monitorar o paciente ou entregar exames. É uma forma de praticar a medicina a distância ou, pelo menos, uma parte dela, facilitando a vida de todos.

O uso de computadores, tablets e smartphones facilitou a aproximação entre as pessoas. Assim, é possível que médicos que estão em outras cidades ou estados possam avaliar o paciente e ajudar no diagnóstico e tratamento de doenças.

Como funciona a telemedicina?

Dentro da telemedicina há diversas ferramentas, como a teleducação, teleassistência, laudos a distância, entre outras. A emissão de laudos a distância é um dos serviços mais usados pelas clínicas e um dos que mais proporcionam vantagens para a equipe e também para o paciente. Essa facilidade permite ao médico fazer o diagnóstico por meio de um dispositivo móvel utilizando a internet.

Outro ponto interessante é que, caso o paciente esteja hospitalizado, o médico não precisa estar presente a todo momento. Por meio do prontuário eletrônico e outras formas de monitoramento, o médico consegue ter acesso a todos os dados devidamente atualizados.

Há também outras frentes nas quais a telemedicina pode ajudar:

  • cirurgia robótica;
  • troca de informações entre estabelecimentos de saúde;
  • assistência a pacientes de alto risco, idosos e gestantes;
  • discussão de casos clínicos.

Por todas essas ferramentas que a telemedicina oferece, ela tem se mostrado essencial para a área de saúde, colaborando para um tratamento mais eficaz dos pacientes.

Quais os benefícios da telemedicina para os pacientes?

A telemedicina consegue oferecer inúmeras vantagens para os pacientes. Vamos listá-las abaixo:

Acesso aos melhores especialistas

Quem mora em cidades pequenas costuma não ter acesso a especialistas de diversas áreas, já que muitos desses profissionais são encontrados apenas em grandes centros, como as capitais. Assim, quando há a necessidade de um médico como esse, o paciente precisa se deslocar, gastando recursos e ficando com as contas comprometidas.

Com a telemedicina, esse deslocamento não é mais necessário, pois o próprio sistema pode enviar os exames para especialistas que estão em outro lugar, possibilitando a realização do diagnóstico. Muito mais prático e mais barato para o paciente.

Diagnóstico em menos tempo

Por não ser necessário que o paciente se desloque ou que os exames sejam encaminhados para outro local, o resultado sai em menos tempo que o normal.

Isso é essencial quando falamos em saúde. Existem algumas situações em que a doença avança de forma rápida, e um dia de atraso para o início do tratamento faz diferença na cura do problema.

Melhor atendimento

Devido à telemedicina, todos os processos dentro da clínica são otimizados e a equipe se torna mais produtiva. A consequência disso é que o paciente recebe um melhor atendimento.

A clínica pode, por exemplo, transferir mais pessoas para o setor de atendimento, já que os procedimentos no setor de exames passam a ser otimizados com essa nova tecnologia.

Monitoramento a distância

Com o uso dos prontuários eletrônicos, fica muito mais fácil para os profissionais de saúde monitorar seus pacientes de onde quer que estejam. Isso também oferece maior segurança para o paciente, que pode contar com o profissional a qualquer momento ou, pelo menos, sempre que for necessário.

Maior praticidade

A comodidade que esse tipo de serviço oferece para o paciente é única. Ele pode receber os resultados dos exames no conforto de casa após uma avaliação criteriosa por diversos especialistas, além de outras comodidades. Por exemplo, alguns sistemas oferecem a opção de agendamento online, assim, mesmo que seja um final de semana, é possível marcar a sua consulta.

Como a telemedicina ajuda nas disfunções sexuais?

As disfunções sexuais são problemas que tendem a deixar os homens constrangidos, algo que pode ser uma barreira para que eles procurem ajuda especializada. Porém, com a telemedicina, é possível preservar a privacidade do paciente, permitindo, por exemplo, que ele receba o resultado de seus exames sem sair de casa.

Além isso, a segurança dos dados dos pacientes é regida por uma legislação feita especificamente para os serviços de telemedicina. Assim, seus exames e resultados só serão vistos por pessoas devidamente autorizadas.

Caso você esteja desconfiado de que algo não vai bem, procure uma clínica que oferece os serviços de telemedicina. Algumas contam com avaliação online, ou seja, você pode ser avaliado pelo médico sem precisar sair de casa.

O próprio tratamento pode ser feito a distância. O médico pode orientar o paciente sem a necessidade de uma nova consulta e acompanhá-lo conforme ele usa as medicações prescritas, oferecendo muito mais segurança, já que alguns medicamentos administrados por via oral (comprimido, cápsulas e outros) ou intravenosa podem causar alguns efeitos colaterais.

Como encontrar uma clínica que ofereça um bom serviço de telemedicina?

Na hora de buscar por uma clínica que ofereça esses serviços tecnológicos, peça indicações de amigos e conhecidos, busque informações na internet, entre em contado com a clínica pelo telefone e veja se ela está presente também em outros meios de comunicação, pois isso facilita caso precise tirar uma dúvida de qualquer lugar onde você estiver.

O mais importante é que você se sinta seguro e confortável com toda a equipe e também com os profissionais de saúde. Você pode também fazer uma pesquisa sobre eles com o número do CRM (Conselho Regional de Medicina), que fica no site da instituição. Saber que o médico está com status ativo no órgão de classe do estado também oferece mais credibilidade.

Acompanhamento especializado é algo que a telemedicina pode te oferecer, e isso é essencial para obter êxito no tratamento. Nunca faça a automedicação, especialmente nos casos de disfunções sexuais, pois corre-se o risco de piorar o quadro.

Há diversos tipos de medicação que não são tão convencionais e que causam menos efeitos colaterais, como o spray sublingual e o gel transdérmico. Converse com seu médico sobre essas opções.

Quer saber mais sobre a atuação da telemedicina no tratamento de disfunções sexuais? Então, entre em contato conosco, teremos o maior prazer em sanar todas as suas dúvidas!

Postagens Recentes